Follow by Email

domingo, 23 de junho de 2013

Recomendações para as obras no Convento dos Capuchos




Noticia a imprensa que é intenção da Parques de Sintra-Monte da Lua, após a inauguração na passada sexta-feira do edifício da Abegoaria, no Parque da Pena, virar-se agora para os Capuchos.
Ocasião pois para recordar a visita que aí efectuou a  27 de Maio do ano passado a Alagamares, (foto acima) no sentido de sensibilizar os seus associados e a opinião pública em geral para o estado de conservação daquele monumento classificado na área do Património Mundial.
Registando a manutenção (ainda) da visita grátis para os munícipes aos domingos de manhã, e a boa informação em várias línguas disponível à entrada, bem como o agradável parque de merendas existente, algum reparo porém para os preços da cafetaria (uma água de 1/4 de litro custa 1,60€, por exemplo).
Durante muitos anos ao abandono e ruína, nota crítica para o sistema de sinalização luminosa no chão, a imitar iluminações natalícias das que se adquirem na loja dos chineses, e a falta de restauro da estatuária (uma Maria Madalena na capela da Paixão de Cristo), em falta, e há anos retirada para restauro, ou os dois frades enterrados na câmara que se segue à Porta da Morte, e as pinturas murais representando São Francisco e São António na Ermida da Senhora do Horto, por exemplo, que poderiam já ter sido alvo de intervenção de restauro, dado o lapso de tempo decorrido desde que foi feito o anúncio de tal intenção. No que à mata endémica envolvente respeita, regista-se o razoável tratamento da mesma, com sinalização das espécies existentes adequada e boa informação no local sobre os exemplares existentes.
Questionável foi para alguns dos visitantes a manutenção da estrada alcatroada entre a portaria e o acesso ao convento (separando aquilo a que João Rodil, o guia da visita, designou como separação entre o mundo profano e o mundo sagrado) sugerindo como mais consentâneo um acesso em terra batida ou gravilha.
De entre o que há a fazer, realce para a reposição da estatuária retirada para restauro, que se espera a PSML tenha em devida conta.

Sem comentários:

Enviar um comentário