Follow by Email

sábado, 21 de julho de 2012

Resistir

Nestes dias de chumbo, apesar da brisa mediterrânica e do inferno dos fogos, alguma nostalgia dos tempos em que os amanhãs cantavam. Para quem desconheceu a falta de liberdade, a emoção do que vale a sua conquista, e queira viver para causas e não por causa, há que encontrar um rumo e encontrar forma de deixar um cunho de revolta geracional. Para motivação, deixo este clip da grande Germaine Sablon, recomendando que, se não se forem enfiar na praia ou depois dela, vejam ou revejam"1900", de Bernardo Bertolucci. Fresco e refrescante.



Sem comentários:

Enviar um comentário