Follow by Email

sexta-feira, 20 de julho de 2012

O homem que amou Portugal


Empolgado sobre uma pedra na ponta de Sagres, perorava Hermano Saraiva sobre ser dali que o infante D.Henrique via partir as naus em direcção a África, quando um incrédulo cameraman lhe perguntou como podia ter a certeza de ser aquela a pedra, ao que o professor respondeu:”e você vê aqui outra pedra onde pudesse ter sido?... José Hermano Saraiva, um conservador apaixonado pela História de Portugal, descrente da democracia mas coerente, e, acima de tudo patriota, teve o condão de, mais que historiador, (que o foi e com mérito), ter sido um comunicador, que levou a divulgação da História de Portugal a casa das pessoas, de forma apaixonada e viva, não obstante certas polémicas, a que, como qualquer outro estudioso, tinha direito. Um português de outros tempos, que deixa vazio um espaço televisivo e a valoração da nossa história menos visível.

Sem comentários:

Enviar um comentário