Follow by Email

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

Acabe-se com os feriados!



Pretendendo-se diminuir os feriados e dias de férias para aumentar a produtividade, porque não abolir a semana inglesa, coisa de preguiçosos que faz com que os portugueses logo que podem fujam para a praia ou o centro comercial mais próximo? Quanto aos feriados, o Carnaval já está arrumado, que isto não está para festas, a Páscoa pode ser um dia só, com Cristo a morrer e ressuscitar no mesmo dia, o 10 de Junho abolia-se, até porque nem se sabe se o Camões morreu nesse dia e já não há mais ninguém a quem dar medalhas e com pachorra para escutar os discursos gongóricos da data. Quanto aos santos populares, todos para a fogueira e a filambó já, fica só o de Santa Ângela dos Germânicos, apesar de aí a marcha poder ser em passo de ganso.
O 5 de Outubro é maçónico, a Restauração monárquica, o 25 de Abril murchou e o 1º de Maio não se justifica, agora só se for  o  Dia do Desempregado. O Dia de Finados pode ficar, diz com a época todo o ano agora, e o Natal só o bocado da meia-noite, para ir à missa do galo. Assim, sim, Portugal ganhará em produtividade, o povo feliz e contente, sempre, sempre, a trabalhar. Ah, e pela milionésima vez: nós não somos a Grécia!Kalimera!

Sem comentários:

Enviar um comentário