Follow by Email

sexta-feira, 24 de janeiro de 2014

As palmeiras estão a morrer

O escaravelho das palmeiras ( Rhynchophorus Ferrugineus) é originária das zonas tropicais da Ásia e Oceânia e propagou-se em Espanha em 1993 e em Portugal desde 2007 mais concretamente no Algarve, no concelho de Albufeira, devido ao comércio de palmeiras, estando a espalhar-se por todo o país.
Este infestante ataca principalmente as palmeiras espécie Phoenix ou das Canárias, e mais recentemente também a espécie washingtónia, provocando estragos que podem levar à morte das palmeiras.
Como este problema está espalhado já em Sintra (eu próprio já vi morrer duas em minha casa, plantas com mais de vinte anos) é de todo importante o combate a este infestante através de tratamentos preventivos (onde ainda seja possível) a fim de tentar controlar esta praga.
Os sintomas mais visíveis são as folhas novas secarem sem razão aparente e o facto de todas as folhas decaírem e a copa ficar espalmada. A morte da planta ocorre quando seca completamente, movendo-se o insecto para outra palmeira. Para minimizar a propagação do escaravelho para as palmeiras ainda existentes é de todo importante o combate a este infestante, através de tratamentos preventivos, por meio de tratamentos químicos de Abril a Outubro e de biológicos de Novembro a Março. Em baixo o nosso "amigo" predador:


 

Sem comentários:

Enviar um comentário